Roupa de Chita

Roupa de chita

Nem vem, hein,
Com esse teu jeito de mulher fatal
Pairando acima do bem e do mal
Que não é bem por aí.
Você não é nada disso, então pra que mentir,
Pra que se enganar e se iludir?
Quem nasceu roupa de chita
Não chega a lingerie

Na mulher de verdade, a vaidade
Na realidade, tem muito valor
Mas você nunca foi Grace Kelly
Nem Lise Minelli ou Brigitte Bardot.
Mulher foi a Dona Maria
Aquela que um dia reinou no meu lar
Comia só pão com ovo
E dizia pro povo que era caviar

A mulher de respeito, ao meu jeito
Não tem preconceito de raça ou de cor
Não importa se é branco, ou se é nobre
Se é preto ou se é pobre, mendigo ou doutor.
Você não é Vênus de Milo
Rainha do Nilo nem Betsabá
Fugiu da Praça do Carmo
E feito Greta Garbo acabou no Irajá

Sereno e Nei Lopes

Anúncios
Published in: on 19/08/2008 at 23:01  Deixe um comentário  
Tags: , ,